Cidades

Vereadores de Goiânia instituem a Frente Parlamentar Vacina para Todos e Combate à Covid-19

Vereadora Aava é vice-presidenta da Frente Parlamentar em prol da vacina contra a covid-19 Frente foi instituída nesta quarta-feira, 24,...

Vereadora Aava é vice-presidenta da Frente Parlamentar em prol da vacina contra a covid-19

Frente foi instituída nesta quarta-feira, 24, no Plenário da Câmara Municipal de Goiânia. Vereador Mauro Rubem, autor da proposta, é presidente

A Câmara Municipal de Goiânia instituiu, nesta quarta-feira, 24, a Frente Parlamentar Vacina Para Todos e Combate à Covid-19, proposta por meio de projeto de resolução do vereador Mauro Rubem (PT), que é presidente. A cadeira de vice-presidente foi ocupada pela vereadora Aava Santiago (PSDB). A Frente é composta por 16 vereadores.

Aava e Mauro encamparam a luta pela vacina desde o início do ano, quando instituíram o Grupo de Trabalho da Educação que produziu um relatório já entregue ao prefeito Rogério Cruz, em que o principal pleito é a inclusão dos profissionais da educação no grupo prioritário de vacinação. Ao longo das discussões com diversos especialistas, a vacina para a população já era defendida. Além de outras ações propostas pela Frente, os vereadores pretendem somar forças para, juntamente com o prefeito, conseguir adquirir vacinas suficientes para alcançar a maioria da população e, consequentemente, a imunidade de rebanho.

Segundo o projeto, “a Frente Parlamentar será composta pelos vereadores que a ela aderirem, por integrantes indicados pelos Partidos Políticos com a representação nesta Casa, e por representantes de instituições e sociedade civil organizada.”

Compete à Frente Parlamentar: propor ações de acompanhamento e fiscalização da vacinação no Município de Goiânia; acompanhar a quantidade de doses já recebidas e aplicadas pelo município; identificar os pontos de vacinação; fiscalizar o controle de aplicação das vacinas (evitando os fura filas); solicitar relatórios diários da quantidade de vacinados por ponto de vacinação emitido pela Secretaria Municipal de Saúde; apresentar alternativas para acelerar o Plano Municipal de Imunização e opções para aquisição de vacinas contra COVID-19.

Para a vereadora Aava, o projeto reúne parlamentares que entendem o momento crítico em que a cidade de Goiânia está e que respeitam a ciência. “Senti um alívio quando fui convidada a fazer parte dessa frente. Isso sinaliza a direção que a cidade de Goiânia espera de nós: a direção da vacina, da ciência e da saúde pública”, afirmou a vice-presidenta.

Segundo a vereadora, é necessário esclarecer sobre a avalanche de fake news sobre a vacina. “Precisamos mais do que nunca a colaboração, valentia e coragem para esse enfrentamento. Ninguém vai virar jacaré se tomar a vacina. Ninguém será prejudicado por acreditar na ciência”, ressaltou a vereadora. Ela afirmou, ainda, que é necessário celebrar o SUS todos os dias e pediu ajuda para que os vereadores também esclareçam sua comunidade sobre a vacina, porque, segundo ela, é o único caminho para sair do caos que em Goiânia se encontra.

O presidente da Fecomércio, Marcelo Baiocchi, esteve presente no ato e externou a importância de somar a esse projeto. Marcelo afirmou que a iniciativa privada também está buscando adquirir a vacina, porque o segmento quer ajudar o poder público. “Quero salientar a importância dessa administração na área da saúde na Prefeitura, que tem feito uma interlocução positiva com o setor produtivo. Sabemos que não temos o ideal, mas temos que buscar o que é possível neste momento e o decreto está contemplando”, afirmou. Marcelo pediu que sejam feitas restrições somente para que o comércio não pare, porque isso traz desemprego e falta de renda.

O presidente da Frente, vereador Mauro Rubem, falou na tribuna sobre a importância do apoio do setor produtivo. “A soma de esforços é necessária. Nós já temos mais de 10 tipos de vacinas disponíveis para aquisição. Nós queremos vacinas para todos e não só pra quem pode pagar. Essa frente precisa lutar também para vacinas para os outros vírus que virão”, afirmou Mauro, que pretende já realizar a primeira reunião ainda nesta semana com o prefeito.

O vereador disse também que vai propor a ativação da Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego) e demais laboratórios químicos do Estado, para que junto com as universidades públicas produzam vacinas. “Temos que ter vacinas em tempo recorde para todos. O nosso sistema de saúde tem condições para vacinar milhares de pessoas ao mesmo tempo e alcançar essa meta”, ressaltou Mauro Rubem.

Compõem a Frente Parlamentar os vereadores: Aava Santiago (PSDB); Anderson Bokão (DEM); Anselmo Pereira (MDB); Dr Gian (MDB); Edgar Duarte (PMB); GCM Romário Policarpo (PATRIOTA); Geverson Abel (AVANTE); Henrique Alves (MDB); Kleybe Morais (MDB); Leandro Sena (REPUBLICANOS); Lucas Kitão (PSL); Marlon dos Santos (CIDADANIA); Mauro Rubem (PT); Pastor Wilson (PMB); Thialu Giotti (AVANTE); e Willian Veloso (PL).