Cidades

Governo de Goiás entrega mais 416 apartamentos no Residencial Porto Dourado em Goiânia

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), entrega, nesta quinta-feira (24), 416 apartamentos em Goiânia....

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), entrega, nesta quinta-feira (24), 416 apartamentos em Goiânia. O investimento estadual do programa Pra Ter Onde Morar – Crédito Parceria é de R$ 6,2 milhões, sendo R$ 15 mil por unidade. O presidente da Agehab, Pedro Sales, explica que esse recurso ajuda a reduzir o valor da entrada e das prestações do financiamento. A solenidade de entrega será às 9 horas, no Residencial Porto Dourado, com presença do presidente Pedro Sales, que representa o governador Ronaldo Caiado.

Esta já é a terceira etapa do Porto Dourado, totalizando 1.408 apartamentos disponibilizados, somente neste residencial, durante a gestão Ronaldo Caiado. O empreendimento está localizado na região Sudoeste de Goiânia, próximo ao Shopping Portal Sul, e ocupa uma área de aproximadamente 80 mil metros quadrados. Pedro Sales destaca a estrutura e facilidade de acesso ao local. “A qualidade das instalações surpreende. É uma área de lazer que a gente não vê nos locais mais nobres de Goiânia, um lugar muito bonito”, ressalta.

Segundo ele, o Crédito Parceria é uma modalidade que auxilia quem tem condições de pagar o financiamento, mas com valores menores ou eliminando a necessidade de entrada. “O governador Ronaldo Caiado determinou que a Agehab atue em várias vertentes, para ajudar quem não tem condição nenhuma de pagar pela moradia, caso das casas a custo zero que já são realidade em 30 municípios, como também com o Crédito Parceria, que pode ser recebido por quem ganha até três salários mínimos”, explica.

A terceira etapa do Porto Dourado foi construída com recursos em parceria do governo federal, por meio da Caixa Econômica Federal, que disponibiliza recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para financiamento dos beneficiários. No total, somando investimentos federal e estadual, foram destinados quase R$ 53 milhões para a obra. A proposição e execução foram da construtora Vila Brasil Engenharia, também responsável técnica pelo empreendimento.