Cidades

Comurg celebra 47 anos de serviços prestados aos goianienses

A Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) completa, nesta quinta-feira (21/10), 47 anos dedicados a manter Goiânia limpa e organizada....

A Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) completa, nesta quinta-feira (21/10), 47 anos dedicados a manter Goiânia limpa e organizada. Nos últimos meses, os trabalhos de revitalização e manutenção dos espaços públicos foram ampliados. O Projeto Flores ganhou reforço com objetivo de deixar a cidade mais florida. E em toda as regiões da cidade, as ações de coleta orgânica e seletiva também ganharam novo manejo.

Com conceito inovador de ajardinamento, o Projeto Flores está na 12ª etapa, e objetiva chegar a 80 mil metros quadrados plantados. Ao menos 26 locais foram contemplados, num total de quase 31 mil metros quadrados. O intuito da Prefeitura é tornar Goiânia uma das cidades mais arborizadas do mundo e com colorido intenso por canteiros, praças e avenidas.

Com a nova gestão, 1.300 praças públicas foram beneficiadas com plantio ornamental, ações de infraestrutura de academias ao ar livre e kits brinquedos, além de limpeza e manutenção geral. Somente de janeiro a agosto deste ano, a Comurg já instalou 44 novas academias ao ar livre, 103 kits brinquedos, cerca de 324 lixeiras com suporte e 115 lixeiras tipo concha.

Em média, 183 bancos de madeiras e 30 mesas, produzidos a partir do reaproveitamento de árvores caídas na capital, foram instalados em praças públicas. Mais de 53 espaços públicos passaram pelo processo de revitalização e requalificação neste ano. Já a Coleta Orgânica, que segue circuito diário e alternado com horários diurno e noturno, recolheu mais de 250 mil toneladas de resíduos orgânicos. Toda população goianiense é atendida pelo serviço.

Pensando numa gestão humanizada, a Comurg requalificou o serviço de coleta seletiva. São quase 3 mil toneladas de resíduos recicláveis por mês. Esse dado corresponde a 7% de todo o volume coletado na cidade e os materiais recolhidos são encaminhados para 15 cooperativas de catadores cadastradas na prefeitura. Neste ano, já foi recolhido mais de 14.734 toneladas de resíduos recicláveis.

Silvio Soũls, da editoria de Urbanização

Fotos: Acervo/Luciano Magalhães Diniz