Sem categoria

Endividamento do brasileiro cresce e especialista ensina como organizar as finanças

O número de brasileiros com as contas no vermelho disparou no Brasil. Em meio à pandemia da covid-19, o percentual...

O número de brasileiros com as contas no vermelho disparou no Brasil. Em meio à pandemia da covid-19, o percentual de famílias com dívidas atingiu em junho o recorde histórico de 67,1%, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, realizada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC) desde janeiro de 2010.

Num momento tão adverso, o especialista em finanças e diretor da Febracis Goiânia, Gustavo Sampaio, afirma que o primeiro passo para organizar as finanças é aprender a lidar com o dinheiro. Segundo ele, a falta de conhecimento e de método sobre como gerenciar a renda tem gerado prejuízos pessoais e financeiros para milhares de pessoas. “É preciso buscar conhecimentos e aprender a gerenciar as finanças e, assim, evitar as dívidas e criar riqueza,” diz.

Gustavo Sampaio garante que é possível descobrir quais padrões e crenças inconscientes sabotam o bem-estar financeiro. Após essa etapa, diz que os próximos passos são construir ativos e multiplicar o dinheiro.

Ele comenta que há cursos e formações em finanças e inteligência emocional financeira, que mostram como reformular as crenças limitantes e ajudará na eliminação de bloqueios emocionais sobre dinheiro e riqueza. Além disso, é possível também aprender os caminhos para sair das dívidas, como montar o orçamento familiar, delimitar o atual estado financeiro e criar a prosperidade.