Economia

Supermercado espera vender 15% a mais neste Natal

Produtos típicos e otimismo do setor elevam expectativa com relação ao mesmo período do ano passado

Para este Natal, os supermercados Bretas esperam um crescimento 15% superior ao mesmo período de 2017, puxado pelos produtos típicos desta época, como panetones (inclusive trufados), aves natalinas, suíno fresco e frutas frescas e secas.

Neste ano, o crescimento de vendas deve ser de 15% para panetones; 12% para aves natalinas; 10% para suínos; e 8% para frutas frescas e secas. O otimismo se reflete também nas contratações de mão de obra: para Goiás e Minas Gerais serão necessários 500 temporários, que ocupam cargos de operador de caixa e repositor, número 50% superior ao do ano passado.

Economia
Para atender à demanda do período, foram necessárias negociação acirradas, buscando redução de custo para melhor precificação e garantia da disponibilidade dos produtos para atender a demanda do período. No mês de dezembro, será realizado o Super Natal, com produtos a preços diferenciados para vários itens, como aves natalinas, panetone tradicional e com gotas de chocolate, cortes suínos, uva passas, ameixa, nectarina, presunto, salame e tender.

O maior crescimento de vendas deve ser notado nas linhas de panetones, aves especiais, presuntaria, frutas secas, frutas de caroço (pêssego, ameixa e nectarina), uvas e suíno. Em 2018, o Bretas aposta ainda nas linhas de panetone fabricação própria e itens importados, como bacalhau e algumas variedades de frutas. E, para facilitar as compras de final de ano, as compras podem ser parceladas em até quatro vezes nos cartões de terceiros para os itens sazonais.