Ciência

Governo de Goiás apresenta campanha publicitária “Xô Dodói” de incentivo à vacinação de crianças e adolescentes

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), realizou nesta segunda-feira (15/8) a apresentação oficial...

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), realizou nesta segunda-feira (15/8) a apresentação oficial da campanha publicitária “Xô Dodói” de incentivo à vacinação, durante solenidade no gabinete do titular da pasta, Sandro Rodrigues. O objetivo da iniciativa é estimular a população goiana a envolver-se de forma efetiva na Campanha de Multivacinação, desenvolvida com o propósito de vacinar as crianças com menos de 5 anos contra a poliomielite (paralisia infantil) e de atualizar a Caderneta de Vacinação das crianças e adolescentes.

A campanha publicitária tem como estratégia principal a interação com as crianças visando o esclarecimento sobre a importância da vacinação. Ela tem como carro-chefe o jingle Xô Dodói e kits contendo quebra-cabeça, certificado de vacinação, máscara e cartela de adesivos. Além disso, foram confeccionados cartazes, banners com orientações sobre a vacinação e material educativo para ser trabalhado com profissionais da rede de educação.

O jingle Xô Dodói já está sendo veiculado em emissoras de rádio e televisão e em redes sociais. A princípio, foram produzidos 80 mil kits com os itens interativos. O material, conforme adiantou Sandro Rodrigues, será distribuído às crianças matriculadas em Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) e em Escolas Municipais que ministram as séries da primeira fase do Ensino Fundamental.

Educação em saúde
Todo o material da “Xô Dodói” também está disponível no site oficial www.saude.go.gov.br/multivacinacao2022 da campanha para ser reproduzido e distribuído por instituições e entidades parceiras. “Desenvolvemos uma campanha carinhosa e lúdica especialmente para o público infantil. É importante que as crianças saibam que precisam e merecem ser vacinadas”, pontuou o secretário. A SES conta com o apoio das entidades da sociedade civil e principalmente, de professores e gestores municipais de educação e saúde para disseminar a campanha.

Durante o lançamento, Sandro Rodrigues ressaltou a importância da parceria da SES-GO com diversas instituições e entidades para o êxito da campanha, entre os quais o Ministério Público do Estado de Goiás, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o Conselho Estadual da Educação, a Secretaria Municipal de Educação, a Federação Goiana dos Municípios e o Conselho Municipal de Educação.

Baixas coberturas
Em todo o Estado existem 943 salas de vacinação distribuídas nos 246 municípios goianos, o que garante a vacinação o mais próximo possível à residência das pessoas. Apesar da facilidade do acesso, a procura pela vacinação ainda é baixa. Desde que a Campanha de Multivacinação teve início, em 8 de agosto, somente cerca de 1% das crianças foram levadas às salas de vacinação para receberem a dose que protege contra a poliomielite e para atualizar o cartão de vacinação.

A gerente de Imunização da SES-GO, Clarice Carvalho, considera extremamente grave a baixa procura pela vacinação. Este fato, segundo ela, coloca a criança numa situação de vulnerabilidade a doenças, consideradas graves. O Ministério da Saúde (MS) preconiza como ideal a cobertura de 95% contra a poliomielite e demais doenças infantis. Dados da SES-GO, entretanto, apontam que as coberturas vacinais contra essas enfermidades neste ano estão bem abaixo do ideal, não chegando a 50% na média.

Doenças retornam
A superintendente de Vigilância em Saúde da SES-GO, Flúvia Amorim, destaca como inadmissível uma criança contrair uma doença prevenível por vacina, como a poliomielite, por exemplo. Essa enfermidade foi erradicada no país em 1994 e corre o risco de ser reintroduzida devido aos baixos índices de vacinação. Ela acentua que todas as vacinas ofertadas pelo Ministério da Saúde à população são eficazes, devidamente testadas e validadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Além da vacina contra a poliomielite, estão disponíveis durante a Campanha de Multivacinação os imunizantes BCG, que protege contra a tuberculose; Rotavírus Humano; Meningococo C, que imuniza contra a meningite e meningococcemia; Pentavalente, que protege contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus Influenza tipo b; Febre Amarela; Hepatite A e a Tríplice Viral, que imuniza contra a caxumba, sarampo e rubéola. A Campanha de Multivacinação prossegue até 9 de setembro. O Dia D, de mobilização e divulgação, acontece em 20 de agosto.

Tags:, ,