Cidades

Jornalista de Senador Canedo é alvo de atentado com tiros

Júnior de Souza teve sua casa atingida por vários tiros na noite do dia 23 de outubro. Polícia Civil investiga crime

Jornalista Júnior de Souza, Foto: Divulgação Facebook

O jornalista Júnior de Souza, de Senador Canedo, foi vítima de um atentado na noite do dia 23 de outubro, por volta das 23h15. Ele relatou à Polícia Militar que estava em casa com sua família e percebeu um motociclista acelerando em frente ao seu portão. Em seguida, ouviu vários disparos de arma de fogo contra a sua residência. Os tiros atravessaram o portão e atingiram as paredes e móveis no interior da casa do jornalista.

Souza é um jornalista investigativo e em suas postagens nas redes sociais apresenta denúncias contra os desmandos de políticos no municipio. Ele diz que, recentemente, recebeu ameaças via telefonema. Do outro lado da linha, a pessoa disse que: “Olha, essa é a última vez que vou te ligar… na próxima matéria que você publicar contra mim, eu não vou mais te ligar… mas vou te dar um tiro”.

Ao longo de sua trajetória profissional, além dessa ameaça direta, o jornalista recebeu outras ameaças outras por conta de seus artigos, que inclusive tem originado investigações do Ministério Público. A Polícia Civil de Goiás está investigando o atentado e levantado as possíveis motivações do crime. Em conversa com a equipe do Jornal Expresso, Souza diz acreditar na justiça. “Não é possível que, em pleno século XXI, temos que assistir esse tipo de violência contra o trabalho da imprensa, precisamos e exigimos das autoridades a elucidação do caso e a rigorosa punição dos autores e ou mandantes”.