Cidades

Por unanimidade, Assembleia Legislativa aprova fim do horário de verão em Goiás

A sessão ordinária dessa terça-feira, 21, aprovou, durante a Ordem do Dia, três projetos de lei, todos de autoria de...

A sessão ordinária dessa terça-feira, 21, aprovou, durante a Ordem do Dia, três projetos de lei, todos de autoria de parlamentares, sendo dois em definitivo e uma em primeira fase de discussão e votação.

Dentre os aprovados em definitivo, está o de nº 3489/16, de autoria do deputado Luis Cesar Bueno (PT), que dispões sobre o fim do Horário de Verão em Goiás. O parlamentar salientou, novamente, que não se pode negar que a população paga um preço alto com a mudança de horários.

“Ao adiantar em uma hora o relógio, as pessoas passam a levantar mais cedo, sofrendo no próprio corpo as consequências que isso acarreta, com sonolência, fadiga, dores de cabeça, falta de concentração e irritabilidade”, enfatizou. O projeto agora será encaminhado ao Executivo, onde aguardará a sanção do Governador.

Ainda, foi aprovado em segunda fase, o projeto nº 3066/16, de autoria da deputada Delegada Adriana Accorsi (PT) que simplifica o atendimento das pessoas com deficiência, para requerer atualização de laudo médico junto às Unidades de Saúde do Estado.

Também aprovado, mas em primeira discussão e votação, o processo nº 3072/16, do deputado Diego Sorgatto (PSB) que dispõe sobre a punição pela prática do acionamento indevido dos serviços telefônicos de atendimento a emergências do Corpo de Bombeiros -193; Polícia Civil -197; Polícia Militar -190 e do Serviço de Atendimento Médico de Urgência/ Samu -192.