Cidades

Presos dois suspeitos de armazenar acervo de pornografia infantil

Equipes da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) e Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Anápolis, da...

Equipes da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) e Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Anápolis, da Polícia Civil de Goiás (PCGO), prenderam em flagrante na manhã desta quinta-feira, dia 9, dois homens suspeitos de manter um acervo de pornografia infantil.

A ocorrência se deu após uma denúncia anônima recebida pela equipe do Genarc de Anápolis e compartilhada com a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos, que resultou na investigação policial que identificou dois homens, moradores da cidade. De acordo com as autoridades os indivíduos compartilhavam e armazenavam vídeos e imagens pornográficas infantis, o que é crime.

Além do acervo pornográfico, a polícia apurou que ambos suspeitos teriam trocado mensagens digitais planejando a prática dos atos sexuais com crianças, além de compartilhar os materiais que já tinham com vários outros contatos de redes sociais. A investigação policial prosseguirá agora para identificar outros usuários, que de igual forma praticavam os crimes contra a dignidade sexual infantil.

Ainda segundo a PC, um dos presos é músico e o outro, cirurgião dentista. Os dois presos estão sendo autuados em flagrante delito e podem ser encaminhados para a Unidade Prisional de Anápolis, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

Mais informações: (62) 3201-1027