Cidades

Pedreira da Prefeitura produziu mais de 53 mil toneladas de brita

Com reserva mineral de mais de 14 milhões de toneladas, o complexo industrial público é único no país e comparado...

Com reserva mineral de mais de 14 milhões de toneladas, o complexo industrial público é único no país e comparado a grandes empresas mineradoras. A pedreira ainda pode produzir insumos por mais cerca de 120 anos

Goiânia conta com uma pedreira que auxilia nas obras da Prefeitura por toda a cidade. Só no início de 2021, ela produziu mais de 53 mil toneladas de brita que auxiliaram no recapeamento asfáltico e outros serviços. O Complexo Industrial Pedreira, administrado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), é a única instalação pública do Brasil e vem sendo comparada a grandes empresas mineradoras. Localizado na Estrada Velha para Bela Vista, no km 6, após o Parque Atheneu, o complexo produz mensalmente, em média, 10 mil toneladas de brita e conta com uma reserva mineral de 14.625.607,00 toneladas, o que possibilita mais 121 anos de vida útil.

Entre fevereiro e abril, 53.947 mil toneladas foram detonadas, o que proporcionou matéria-prima para pavimentação asfáltica, manutenção viária, contenção de erosões, barragens de córregos e gabiões, terraplanagem, pré-moldados em geral, entre outros serviços desenvolvidos pela Seinfra.

Para o prefeito Rogério Cruz, o serviço desenvolvido no complexo traz segurança para a cidade quando se trata de conclusão de obras. “Goiânia está sempre em desenvolvimento e as obras espalhadas em vários cantos da cidade mostram isso. A pedreira possibilita um trabalho de grande alcance e dá celeridade às nossas obras. É magnífico”, afirmou o prefeito.

Segundo o secretário da pasta, Fausto Sarmento, o trabalho realizado é comparado ao de grandes mineradoras, com a grande diferença de não depender de terceiros e ter um custo mais baixo ao erário público. “Nós temos uma das maiores pedreiras do Brasil. Através dela vamos ter insumo suficiente para trabalhar a longo prazo e realizar grandes obras em Goiânia. É motivo de orgulho para todos”, afirma o secretário Fausto Sarmento.

O engenheiro de Minas e gerente da unidade de Pré-Moldados e Usinagem de Concreto da Seinfra, Renato Barreto, conta que o trabalho na Pedreira da Seinfra tem autorização da Agência Nacional de Mineração (ANM) e do Exército Brasileiro. “O Complexo Industrial é dotado de mina (pedreira), planta de beneficiamento e usina de asfalto”, explica o engenheiro. Separada em quatro blocos de extração, a pedreira transforma rochas micaxisto em pedras marroadas, macadames, matacos, além de britas em diversos tamanhos e pó de pedras.

Juan Meloni, da editoria de Infraestrutura