Cidades

Governador Ronaldo Caiado lança rede estadual de tratamento oncológico

A aprovação pela Câmara Municipal de Goiânia na sessão desta quinta-feira (2/6) da isenção das taxas de desmembramento do terreno...

A aprovação pela Câmara Municipal de Goiânia na sessão desta quinta-feira (2/6) da isenção das taxas de desmembramento do terreno cedido pela União ao Governo de Goiás para construção do Hospital Estadual do Câncer é mais um passo em direção à implantação do projeto. O novo hospital irá consolidar a rede estadual de tratamento oncológico, iniciada com a implantação de uma ala no Hospital Estadual do Centro-Norte (HCN), Em Uruaçu.

“Goiás não tinha atendimento em oncologia na rede pública estadual e vamos corrigir isso. Estamos implantando já este ano uma rede de assistência aos pacientes”, frisou o governador Ronaldo Caiado, ao anunciar que o Hospital Estadual do Centro-Norte começa a tratar ainda neste mês os casos de câncer.

Dotar a rede hospitalar estadual de uma unidade oncológica de referência é um sonho que começou a tomar forma quando o governador Ronaldo Caiado buscou a cessão da área junto à União em maio do ano passado. O futuro Hospital Estadual do Câncer vai funcionar como unidade referência, com atendimento clínico e cirúrgico, quimioterapia, radioterapia e UTI especializada.

Com 136,4 mil metros quadrados previstos, o futuro Hospital do Câncer, que será instalado em Goiânia, vai abrigar um complexo para tratamento de pacientes com câncer, que está sendo projetado para ser uma unidade de grande porte, estruturada para atender toda a região. “A Câmara Municipal de Goiânia exerceu um papel importante para acelerarmos essa etapa burocrática, demonstrando sensibilidade com a saúde do povo goiano”, reconheceu Caiado.

O terreno cedido para a instalação do futuro Hospital Estadual do Câncer fica próximo à Central de Abastecimento de Goiás (Ceasa) e à BR-153. O espaço também deverá ter um setor para abrigar familiares de pacientes que estiverem em tratamento na unidade, oriundos de municípios do interior de Goiás.

Rede de Oncologia
Com a iniciativa do Governo de Goiás, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO) passa a ter uma frente de atendimento à oncologia na rede própria já este ano, serviço inédito na saúde estadual. Para o secretário Sandro Rodrigues, ampliar o atendimento em oncologia é fundamental, pois os dados epidemiológicos apontam que nos próximos 30 anos esta será uma patologia com grande demanda, tanto em Goiás como no Brasil.

“Organizamos o HCN para atender 91 internações e 65 cirurgias oncológicas por mês, com possibilidade de realizar até 700 sessões de quimioterapia mensalmente. Tudo será instalado para atender a demanda clínica e cirúrgica, com estrutura de centro cirúrgico e UTI’s ”, informa o secretário. O atendimento prevê clínica e cirurgia oncológica do aparelho digestivo, urologia, proctologia, dermatologia, pneumologia e ainda, serviço de quimioterapia. A regulação será de responsabilidade do Complexo Regulador Estadual (CRE).